UE assina contrato com Gilead para adquirir medicamento remdesivir

BRUXELAS – O órgão executivo da União Europeia anunciou nesta quarta-feira, 29, que assinou um contrato com a Gilead para adquirir o medicamento remdesivir, que tem sido usado no tratamento da Covid-19, e o acordo cobrirá 30 mil pacientes no bloco a partir do início de agosto.

“A Comissão assinou um contrato com a empresa farmacêutica Gilead para garantir doses de tratamento de Velkury —nome comercial do remdesivir. A partir do início de agosto, remessas do medicamento estarão disponíveis para os Estados-membros e para o Reino Unido”, disse a porta-voz da Comissão Europeia Dana Spinant em briefing regular à imprensa.

Ela disse que o contrato é de 63 milhões de euros e fornecerá tratamento a 30 mil pacientes com sintomas graves de Covid-19.

“Essa primeira remessa vai, portanto, lidar com as necessidades imediatas. Ao mesmo tempo, a Comissão também está preparando agora a compra de mais suprimentos desse medicamento, que cobrirão as necessidades adicionais a partir de outubro”, disse ela.

Na MANCHETE USA, dezenas de jornalistas trabalham para levar a você as informações apuradas com mais cuidado e para cumprir sua missão de serviço público. Se quiser apoiar nosso jornalismo e ter acesso ilimitado, pode fazê-lo aqui por US$12.99 por um semestre de nossos boletins exclusivos.