Trump faz comício acalorado em New Hampshire na véspera de primária democrata

Presidente Donald Trump durante evento em New Hampshire nesta segunda-feira (Foto: Reuters)

MANCHESTER – O presidente Donald Trump exaltou a economia dos Estados Unidos e classificou de patética a tentativa dos demcratas de tirá-lo da Casa Branca em um comício acalorado na noite dessa segunda-feira, 10, em Manchester, New Hampshire.

Mais cedo, ainda em Washington, Trump afirmou que queria mostrar a sua força para os rivais democratas que realizam nesta terça-feira as primárias no estado considerado chave para definir a disputa para o pleito de novembro.

Durante o comício na SNHU Arena para 12 mil pessoas, o republicano provocou os adversários. “Se você quiser votar em um candidato fraco amanhã, vá em frente. Escolha um. Escolha o que você acha mais fraco. Eu não sei quem é”, ironizou.

“Democratas fazem parte de um partido de impostos altos, criminalidade crescente, fronteiras abertas, aborto, socialismo e corrupção. O partido republicano é o partido dos trabalhadores americanos”, afirmou sob aplausos.

Em 2016, Trump perdeu a disputa em New Hampshire para a então candidata democrata Hillary Clinton por 2.700 votos, de um total de 750 mil eleitores, mas o presidente garante que foi vítima de trapassa ainda que não apresente provas.  “Eles trouxeram ônibus lotados de Massachusetts, centenas deles. E ainda assim estivemos muito próximos da vitória”, ressaltou.

Trump aproveitou para agradecer ao governador Chris Sununu por ter assinado uma lei que exige a prova de residência no estado para se registrar como eleitor.

Primárias Republicanas

O partido republicano está alinhado em torno da reeleição de Trump. Dessa forma, a disputa preliminar serve como mera formalidade  e vários estados já cancelaram suas prévias por esse motivo.

Mas primárias republicanas de New Hampshire, no entanto, serão disputadas. Trump tem como concorrentes candidatos ‘outsiders’, pouco conhecidos do público e sem apoio interno no partido, como os ex-governadores Bill Weld, de Massachusetts, e Mark Sanford, da Carolina do Sul