Tite explica ausências de Marinho e T. Galhardo na Seleção

(Foto: Arquivo Reuters)

RIO DE JANEIRO – Um dos principais questionamentos em cima da convocação do técnico Tite para os dois primeiros jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 é em cima das ausência de Marinho, do Santos, e Thiago Galhardo, do Inter.

Os dois vêm sendo os destaques deste início de Campeonato Brasileiro, inclusive dividindo a artilharia do torneio, com oito gols para o colorado e outros sete para o santista. Mas, segundo disse o treinador da Seleção, a alta concorrência por uma vaga no ataque acabou os deixando de fora.

“O Marinho e o Galhardo têm, reconhecidamente, os elogios em função do desempenho que eles têm. A gente tem que entender também que, nas funções que eles exercem, há concorrência. Então, você tem jogadores de nível que estão disponíveis e disputando essas convocações. A gente vai ficar acompanhando. Eles têm sido destaques”, disse ao Sportv.

Tite ainda aproveitou para explicar como está fazendo para acompanhar todos os jogadores e como é feita a busca por informações de possíveis nomes.

“Nós estamos acompanhado todos os jogos e melhores momentos possíveis, porque é o nosso trabalho. Quando a gente fala radar, é quando entramos nos detalhes, quando conversamos com os técnicos que abrem os seus clubes. A gente busca uma série de informações”, completou.