Senado confirma Marty Walsh como secretário do Trabalho

(Foto: Reprodução TV)

WASHINGTON – O Senado dos Estados Unidos confirmou nesta segunda-feira, 22, o prefeito de Boston como o novo secretário do Trabalho, o último a compor a administração do presidente Joe Biden.

O democrata de 53 anos deixou a prefeitura de Boston às 21 horas de segunda-feira para assumir o cargo federal após a votação de 68 a 29 no Senado, que foi marcada pela resistência republicana.

O ex-trabalhador de construção, que saiu do subúrbio da capital de Massachusetts para comandar a cidade por sete anos, agora tem a missão de reformar as leis trabalhistas do país.

Em um discurso emocionado no Faneuil Hall, o ex-líder sindical falou de sua paixão por “lutar pelos trabalhadores”. “Eu tenho dedicado toda a minha carreira na luta pelos trabalhadores e eu vou continuá-la em Washington”, afirmou.

“Para uma criança que cresceu na Taft Street em Dorchester,  de uma família cujo pais imigraram para esse país, ser eleito o prefeito de Boston era um sonho”, observou o filho de irlandeses. “Estou orgulhoso de ter, junto com vocês, feito essa cidade progredir”, acrescentou.

Nova prefeita

Com a saída de Walsh, Kim Janey,  presidente da Câmara de vereadores, se torna a primeira mulher a comandar a cidade até pelo menos novembro, quando acontecem as eleições municipais.

Janey, que também é a primeira afro-americana a ocupar a cadeira máxima da prefeitura, ainda não disse se pretende concorrer ao mandato de quatro anos.