Refugiado que saiu da guerra na Síria morre ao entregar pizza nos EUA

Khaled Heeba em imagem de arquivo pessoal (Foto: Reprodução/Facebook)

BALTIMORE – Um refugiado sírio que saiu de seu país por medo da guerra civil foi morto a tiros nos Estados Unidos enquanto entregava pizzas. Segundo informações da rede CBS, Khaled Heeba morreu na última sexta-feira (14), durante o trabalho em Baltimore, no estado de Maryland.

A polícia não tem detalhes sobre como o crime aconteceu, mas publicou esta semana um vídeo com o suspeito de matar Heeba e pediu ajuda da população para tentar identificá-lo.

O rapaz e sua família fugiram de Damasco, capital da Síria, há sete anos. Chegaram nos Estados Unidos em 2017. Antes disso, ficaram um tempo no Egito. “Eu não vi nenhum outro refugiado tão trabalhador quanto ele. Ele era um homem de família muito bom para seu pai e sua mãe”, disse à CBS Raghad Bushnag, que ajuda refugiados a se estabeleceram em Baltimore.

“Esta é a vida que vivemos agora. Esta é uma zona de guerra. Você deixa o seu país para vir para cá e o nosso [país, os EUA] é uma zona de guerra. Todo mundo está matando alguém que você conhece na próxima esquina”, afirmou Kimberly Mcmanaway, companheira de trabalho de Heeba.

(Com Agências)