“Quero ser reconhecida como latina”, diz Alice Braga

ORG XMIT: FotoWareFotoStation SAO PAULO, SP, BRASIL, 01-02-2011: Alice Braga, atriz, que lana o longa internacional "O Ritual", em que contracena com Anthony Hopkins ("O Silncio dos Inocentes"). Ele faz o papel de um padre exorcista, ela, o de uma jornalista que prepara reportagem sobre o assunto. Alice em coletiva de imprensa no Hotel Tivoli Mofarrej. ( Foto: Marisa Cauduro/ Folhapress

LOS ANGELES – De Los Angeles, na Califórnia, onde está passando a quarentena com a namorada Bianca Comparato, Alice Braga deu entrevista exibida nesta terça-feira, 6, no programa Conversa com Bial.

A atriz, que está no elenco dos filmes estadunidenses Novos Mutantes e Esquadrão Suicida 2, falou sobre representatividade na indústria do cinema. “Quando me perguntam se eu não acho ruim ser taxada como latina, eu falo ‘o oposto’. Eu tenho muito orgulho. Eu como brasileira, quero ser reconhecida como latina, porque somos latinos.”

A artista comentou que está feliz por a representatividade latina estar “super forte” em Hollywood neste momento. “Me sinto muito privilegiada e honrada de estar aqui quando os latinos estão com uma força muito grande, não só na política, mas também no entretenimento. Tem uma coisa de a gente estar incluso nesse movimento que tem uma coisa muito forte cultural. A gente como brasileiros, como latinos, traz uma coisa artística muito potente”, afirmou.

No entanto, Alice defendeu que essa diversidade cultural precisa existir também nos bastidores do cinema. “E tem que continuar batalhando não só para frente das câmeras como por trás, porque só assim que a gente transforma. Se a produção executiva, o roteirista, se o diretor ou a diretora de fotografia também forem latinos mais histórias latino americanas vão ser contadas. Então acho que a representatividade é muito importante.”

Na MANCHETE USA, dezenas de jornalistas trabalham para levar a você as informações apuradas com mais cuidado e para cumprir sua missão de serviço público. Se quiser apoiar nosso jornalismo e ter acesso ilimitado, pode fazê-lo aqui por US$12.99 por um semestre de nossos boletins exclusivos.