Notícias

Kim Kardashian se une à indignação popular por pena de 110 anos de prisão contra latino

Notícias
Kim Kardashian se une à indignação popular por pena de 110 anos de prisão contra latino

LOS ANGELES - Milhões de pessoas, incluindo a superestrela Kim Kardashian, estão implorando clemência por um motorista latino condenado a 110 anos de prisão nos Estados Unidos.

"Ele não estava bêbado ou drogado, seus freios falharam", tuitou Kardashian na segunda-feira, questionando a sentença que um juiz do Colorado impôs ao cubano de 26 anos.

Rogel Aguilera-Mederos dirigia um caminhão carregado com madeira em abril de 2019 em uma rodovia neste estado montanhoso, quando perdeu o controle do veículo, causando um acidente que deixou quatro mortos e seis feridos. O motorista alega que os freios não funcionaram.

Em outubro, ele foi considerado culpado de várias acusações, incluindo direção imprudente que causou mortes. Na semana passada, ele recebeu a sentença, a mínima possível pelas acusações que recebeu de acordo com a legislação local.

"Os mínimos obrigatórios afetam os critérios judiciais e devem acabar", tuitou Kardashian, que se prepara para se tornar advogada.

"As leis no Colorado precisam mudar, isso é muito injusto", acrescentou.

Mais de 4,6 milhões de pessoas assinaram uma petição no change.org pedindo clemência para Aguila-Mederos.

"Este acidente não foi intencional, não foi um ato criminoso do motorista", acrescenta o texto que também exige que a empresa transportadora seja responsabilizada e não o motorista.

Quatro pessoas de 24 a 69 anos morreram no acidente.

O governador Jared Polis disse que recebeu uma petição, que está sendo analisada por sua equipe jurídica.


(Com AFP)

Outras Notícias