Notícias

Senado dos EUA aprova projeto para evitar default; texto segue para a Câmara

Notícias
Senado dos EUA aprova projeto para evitar default; texto segue para a Câmara

WASHINGTON - O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta terça-feira, 14, um projeto de lei que permitirá aumentar o limite de endividamento dos Estados Unidos e evitar o default da maior economia mundial.

Só com votos dos democratas, a iniciativa aumenta o teto de endividamento em 2,5 trilhões de dólares e permitirá ao governo honrar suas dívidas até o início de 2023. A Câmara de Representantes, controlada pelos democratas, deverá aprová-lo no transcorrer da tarde.

A questão é urgente: o limite deve ser aumentado antes de quarta-feira, sob o risco de os Estados Unidos não conseguirem honrar os pagamentos aos credores.

Essa situação não teria precedentes e deixaria as finanças mundiais em terreno desconhecido, embora seja improvável que aconteça com a aprovação do Senado.

"O povo americano pode respirar: não haverá default", garantiu o líder da maioria democrata no Senado, Chuck Schumer.

Outras Notícias