Messi prefere não pensar muito no risco de infecção ao retornar ao futebol

BARCELONA – Lionel Messi acredita que é melhor não pensar muito no risco de ser infectado pelo novo coronavírus, à medida que os clubes espanhóis intensificam seu retorno às atividades, dizendo estar ansioso para voltar a jogar futebol.

Messi e seus companheiros do Barcelona estão de volta ao campo de treinamento do clube, realizando sessões individuais desde a semana passada, seguindo o protocolo de quatro fases da La Liga para retornar às atividades desde que o futebol foi interrompido, em março, devido à pandemia.

As 11 rodadas restantes da liga espanhola ocorrerão sem torcida, e o presidente da La Liga, Javier Tebas, disse na semana passada que os jogos podem começar a partir de 12 de junho.

Enquanto alguns jogadores e clubes têm se manifestado contra o retorno do futebol por medo de contrair o vírus ou transmiti-lo a outros, Messi disse que voltar aos jogos não é mais arriscado do que sair de casa por qualquer outro motivo.

“Existe risco de infecção em todos os lugares; quando você sai de casa, existe risco, então acho que não devemos pensar muito nisso, porque, se o fizermos, você não vai querer ir a lugar nenhum”, disse Messi ao jornal espanhol Mundo Deportivo nesta sexta-feira.

“Mas devemos entender que é essencial cumprirmos os protocolos e seguirmos as medidas de prevenção o máximo possível. Retornar ao treinamento é o primeiro passo, mas não devemos ser complacentes e devemos tomar todas as precauções necessárias”, acrescentou.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar o Boletim Manchete USA e receba mais conteúdos.