Lula se encontra com o papa no Vaticano

(Foto: Instagram Lula)

CIDADE DO VATICANO – O papa Francisco recebeu nesta quinta-feira, 13, no Vaticano, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para uma audiência privada.

O encontro ocorreu por volta de 16h (10h em Boston) e foi intermediado pelo presidente da Argentina, Alberto Fernández, que se reuniu com o líder católico no dia 31 de janeiro.

Segundo o Instituto Lula, que publicou duas fotos da reunião, o Papa e o ex-mandatário discutiram “soluções para as injustiças e desigualdades no mundo”. Uma das imagens mostra Francisco abençoando o petista com a mão em sua testa. O Vaticano ainda não se pronunciou sobre o encontro.

Na última quarta (12), o líder católico publicou uma exortação apostólica na qual critica a “atividade extrativa predatória” na Amazônia, “que responde à lógica da ganância, típica do paradigma tecnocrático dominante”.

“A depredação do território vem junto do derramamento de sangue inocente e da criminalização dos defensores da Amazônia”, diz um trecho da exortação, que é resultante das discussões do Sínodo do ano passado, alvo de críticas no governo Bolsonaro.

Por conta da reunião com o Papa, a Justiça Federal adiou um depoimento de Lula sobre a suposta venda de uma medida provisória para empresas automotivas, que estava previsto para 11 de fevereiro. O ex-presidente se diz inocente.