Liga Feminina de Futebol dos Estados Unidos anuncia retorno em 27 de junho

WASHINGTON – O futebol já tem data para voltar nos Estados Unidos: 27 de junho. O anúncio foi feito, nesta quarta-feira, pela Liga de Futebol Feminino (NWSL), formada por nove times, que disputarão um torneio de um mês no estado de Utah, sem a presença de espectadores.

A NWSL Challenge Cup terá 25 jogos com fase preliminar e playoffs, com final prevista para 26 de julho. O Rio Tinto Stadium, em Sandy, e o Zions Bank Stadium, em Herriman, serão as sedes.

A NWSL larga na frente da MLS (liga masculina), além da NBA (basquete) e a Major League Baseball. “Quando nosso país começa a reabrir com segurança e a se ajustar à nossa nova realidade coletiva, a NWSL tem o prazer de trazer o futebol profissional”, disse Lisa Baird, comissária em um comunicado.

Muitas das jogadoras atuais campeãs mundiais com a seleção norte-americana disputam a NWSL, mas nem todas vão participar do torneio com medo do coronavírus. Dell Loy Hansen, proprietário da equipe do Utah Royals, garantiu que seu estado está pronto para receber o campeonato, com base no apoio do governador (republicano Gary Herbert) e de especialistas médicos. Utah ocupa o 34º lugar entre os estados norte-americanos com o maior número de casos da covid-19, com 8,6 mil casos e cerca de cem mortes.

Suspensa desde 12 de março, a liga masculina prevê retorno em julho, com as equipes concentradas no complexo esportivo do parque de diversões da Disney, em Orlando, na Flórida.

Na MANCHETE USA, dezenas de jornalistas trabalham para levar a você as informações apuradas com mais cuidado e para cumprir sua missão de serviço público. Se quiser apoiar nosso jornalismo e ter acesso ilimitado, pode fazê-lo aqui por US$12.99 por um semestre de nossos boletins exclusivos