Governador da Georgia decreta dez dias de quarentena

ATLANTA – O governador Brian Kemp decretou quarenta na Georgia a partir das 18 horas dessa sexta-feira, 3, uma iniciativa para conter o avanço do coronavírus no Estado que soma quase 200 mortes.

A ordem determina que as pessoas fiquem em casa e apenas serviços essenciais funcionem até, pelo menos, 13 de abril.

“Essa ordem mantém as regras de distância social e requer que todos fiquem abrigados em suas casas”, definiu o republicano.

O Instituto para Medidas e Avaliação da Saúde calcula que se não houver isolamento social, os hospitais em todo o Estado vão atingir a capacidade máxima até 23 de abril. De acordo com o Departamento de Saúde da Georgia, até da noite desta quinta-feira (2) haviam sido registrados 5.444 casos de Covid-19, 176 mortes.

Um estudo do Centro de Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos com sede em Antlanta, capital da Georgia, aponta que 25% das pessoas infectadas por coronavírus não apresentan sintomas e a doença pode ser transmitida até 48 horas antes de se manifestar, aumentando o risco de contaminação.

Medidas

Com a quarentena anunciada por Kemp, pelo menos 19 categorias de serviços, que frequentemente dependem de aproximação entre as pessoas em ambientes fechados, ficam proibidos de operar, entre eles bares, academias, cinemas, salões de beleza, estúdios de tatuagem e casas de massagem.

Já os restaurantes, padarias e lanchonetes continuam funcionando apenas no sistema de entrega.

O trânsito de pessoas nas ruas deve ser limitado a atividades necessárias como ir ao mercado, farmácia, consultas médicas e bancos.

Também é permitido fazer exercícios físicos ao ar livre, mas sempre respeitando a distância mínima de 1.5 m entre os indivíduos e em grupos que não excedam dez pessoas.

De acordo com a ordem, autoridades policiais, em conjunto com os funcionários do DPH, têm autoridade para encerrar qualquer empresa ou organização que desrespeite as regras. Os indivíduos que infringirem o regulamento serão acusados ​​de  cometer pequenos delitos, crimes passíveis de multas de até US$ 1 e 1 ano de prisão.

Escolas

O governador republicano assinou ainda um decreto que determina o fechamento das escolas em todo o Estado até o fim do ano letivo. As aulas à distância, que acontecem desde o dia 14 de março, devem cuntinuar e o último dia de instruções on-line deve ser determinado pelos condados e municípios.

Leia na íntegra as duas ordens executivas aqui.

*Todos os direitos autorais reservados. Para reproduzir essa matéria é obrigatório citar a fonte e incluir um link para o Portal Manchete USA.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar o Boletim Manchete USA e receba mais conteúdos.