Governador da Flórida decreta moratória de aluguéis e hipotecas por 45 dias

TALLAHASSEE – O governador da Flórida, Ron DeSantins, anunciou nesta quinta-feira, 2, uma ordem executiva que proíbe despejos e execução de hipotecas nos próximos 45 dias para garantir que 21 milhões de floridianos cumpram a ordem de ficar em casa, uma iniciativa para conter o avanço do coronavírus.

“Eu não tenho certeza se vocês vão conseguir novos inquilinos agora, mas nunca sabemos como as pessoas vão agir”, justificou o governador um dia após determinar o isolamento social por 30 dias, regra que entra em vigor à meia noite dessa sexta-feira (3).

Leia também: Governador decreta isolamento social por 30 dias na Flórida

A medida não perdoa as dívidas, mas abre espaço para que sejam negociadas em parcelas, por exemplo. Estados como Nova York e Califórnia adotaram medidas semelhantes.

Leia também: Imigrantes e americanos sentem o peso do mesmo problema: como pagar o aluguel ou hipoteca

A suspensão da cobrança traz tranquilidade até, pelo menos, o dia 15 de maio para milhares de pessoas que estavam recebendo cartas afirmando que “a crise do coronavírus não afeta o contrato de aluguel que deve ser cumprido dentro do prazo”.

De acordo com o Departamento de Saúde da Flórida, até a tarde desta quinta-feira, 2, foram registrados 8.010 casos de Covid-19, 128 mortes.

*Todos os direitos autorais reservados. Para reproduzir essa matéria é obrigatório citar a fonte e incluir um link para o Portal Manchete USA.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar o Boletim Manchete USA e receba mais conteúdos.