Flórida completa primeira fase de retomada econômica com reabertura de academias

TALLAHASSEE – Com a reabertura de mais negócios nesta segunda-feira, 18,  a Flórida conclui a primeira fase do plano de reabertura, incluindo os Condados de Broward e Palm Beach que até agora estavam de fora.

A partir de hoje, as academias de ginástica, bibliotecas e museus podem funcionar com a capacidade de público reduzida pela metade. Enquanto  os restaurantes, lojas de varejo, salões de beleza que funcionavam a 25% podem ampliar a operação para até 50% .

Em tempo: Vale ressaltar que em todas as situações é obrigatório respeitar as regras de distanciamento social, que inclui o espaço de quase dois metros entre os indivíduos e aglomerações de no máximo dez pessoas, e a higienização constante dos estabelecimentos.

Segundo o anúncio do governador Ron DeSantis na sexta-feira (15), os parques temáticos também podem apresentar planos de reabertura e os Condados estão autorizados a avaliar a retomada dos aluguéis de casas de veraneio.

Ao mesmo tempo, o republicano garantiu autonomia aos governos locais para adotar medidas mais restritivas de acordo com as necessidades municipais.

Leia também: Flórida reabre salões de beleza na segunda-feira

Ainda não há data para o início da segunda etapa do plano de três fases que deve ser expandido de acordo com a evolução do Covid-19 no Estado.

A reabertura começou no dia 4 de maio sem os condados Condados de Miami-Dade, Broward e Palm Beach. Esse último foi incluído na semana passada.

Leia também: Governador anuncia reabertura parcial da Flórida a partir de 4 de maio

O Departamento de Saúde informou que até o domingo (17), a Flórida somava 45.588 casos confirmados de coronavírus, sendo 1.972 mortes. A última atualização aponta 777 novos diagnósticos em 24 horas, pouco menos da metade do registrado em 3 de abril quando o Estado atingiu o pico de 1.575.

*Todos os direitos autorais reservados. Para reproduzir essa matéria é obrigatório citar  fonte e incluir um link para o Portal Manchete USA.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar o Boletim Manchete USA e receba mais conteúdos.