Estados Unidos anunciam novas diretrizes para tentar acelerar a vacinação contra a Covid

WASHINGTON – O governo dos Estados Unidos anunciou essa semana novas diretrizes para  tentar acelerar a vacinação contra a Covid-19 e a orientação é vacinar todas as pessoas com 65 anos ou mais e adultos com doenças pré-existentes como câncer e diabetes. Antes, a recomendação federal era priorizar profissionais de saúde e idosos que moram em asilos, no total, cerca de 24 milhões de pessoas. Mas, até agora, só nove milhões foram vacinadas.

Ao anunciar as mudanças, o secretário de Saúde, Alex Azar, garantiu que, até o fim desta semana, 95% dos asilos terão recebido a primeira dose.

Além disso, o governo vai distribuir todas as doses disponíveis, sem ficar segurando estoque para a segunda dose. “Cada vacina no armazém pode significar mais uma vida perdida”, defendeu o secretário.

Cada Estado continua com autonomia para definir a estratégia de vacinação. Na cidade de Nova York, foram criados mais de cem postos de vacinação e, desde a segunda-feira (11), todos os idosos e trabalhadores essenciais como policiais e professores já podem se vacinar. A fila de espera virtual já é de semanas.

* Com Agências