Democratas do Congresso dos EUA e Casa Branca se reúnem por projeto ante pandemia

(Foto: AP)

WASHINGTON – Os principais democratas do Congresso dos Estados Unidos retomaram neste sábado, 1,  negociações com dois dos principais assessores de Donald Trump para tentar chegar a um acordo e injetar mais dinheiro na economia norte-americana, aliviando os efeitos do coronavírus, depois que um apoio aos milhões de desempregados do país expirou.

Nos últimos meses, o Congresso não conseguiu chegar a um acordo para uma próxima rodada de auxílio devido à pandemia, que já matou mais de 150 mil norte-americanos e provocou o maior colapso econômico desde a Grande Depressão de 1929.

A presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, e o líder das minorias no Senado, Chuck Schumer, iniciaram a reunião com o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e com o chefe do gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, nesta manhã.

Pelosi disse antes do início da reunião que continuava se opondo a um acordo de curto prazo.

Ela afirmou na sexta-feira que rejeitou uma oferta do governo do presidente republicano Donald Trump de continuar com os pagamentos de 600 dólares por mais uma semana, dizendo que tal medida só faria sentido “se você estiver no caminho” em direção a um acordo.

Na MANCHETE USA, dezenas de jornalistas trabalham para levar a você as informações apuradas com mais cuidado e para cumprir sua missão de serviço público. Se quiser apoiar nosso jornalismo e ter acesso ilimitado, pode fazê-lo aqui por US$12.99 por um semestre de nossos boletins exclusivos.