Brasileiro pode pegar perpétua pelo assassinato da esposa em New Hampshire

Emerson e Nathalia tinham dois filhos

CONCORD – O Procurador-Geral Gordon J. MacDonald e o Delegado de Polícia de Concord, Bradley Osgood, em New Hampshire, anunciaram que o brasileiro Emerson Figueiredo, 43 anos, se declarou culpado pelo homicídio em segundo grau em que assassinou sua esposa, Nathalia Da Paixão, 35, com golpes de faca diante de seus filhos.

O crime aconteceu em 28 de julho de 2019 e se tornou público quando a polícia de Concord respondeu a ligações para o serviço de emergência (911) relatando uma briga de casal em um complexo de apartamentos no 58 da Branch Turnpike Road. Na chegada, eles descobriram a brasileira Da Paixão ferida e sangrando no chão do estacionamento. Ela foi levada a um hospital local, onde morreu mais tarde.

A autópsia, segundo a polícia, revelou que Nathalia Da Paixão morreu em decorrência de vários ferimentos provocados por faca.

Figueiredo foi preso e indiciado por homicídio em segundo grau e se declarou culpado pela morte em 6 de novembro de 2020. Uma nova audiência para determinar a sentença está marcada para o dia 12 de janeiro de 2021 no Tribunal Superior do Condado de Merrimack.

A promotoria deve pedir pena de 45 anos de prisão ou perpétua; e os advogados do réu vão solicitar uma pena menor.