Biden vai realizar cerimônia em homenagem a 500 mil vítimas da Covid-19 nos EUA

Presidente Joe Biden durante a visita a um centro de produção da vacina Pifzer (Foto: Divulgação)

WASHINGTON – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai realizar nesta segunda-feira, 21, uma cerimônia em homenagem às vítimas da Covid-19, no dia em que o país deve ultrapassar a marca de 500 mil mortos pela doença.

No fim da tarde, a Casa Branca vai ficar em silêncio e velas vão lembrar os mortos da pandemia do coronavírus que fez as suas primeiras vítima há um ano.

Até este domingo, 21, os EUA contabilizavam 498.879 óbitos em decorrência do novo coronavírus, segundo os dados da Universidade Johns Hopkins. O país registrava 28.133.627 casos da doença e é líder mundial nas duas contagens.

“Nós não passávamos por isso há 102 anos, desde a pandemia da influenza em 1918″, observou o conselheiro de Biden e infectologista, Anthony Fauci, durate o “State of Union” da CNN neste domingo.

 

* Com Agências