Adolescente com covid-19 trabalha em acampamento e contamina 260 na Georgia

(Foto: Ilustrativa/ Getty Images)

ATLANTA – O Centro de Controle e Doenças dos Estados Unidos (CDC) confirmaram nesta sexta-feira, 31, que 260 pessoas receberam diagnóstico positivo para Covid-19 após passarem cerca de uma semana em um acampamento de verão na Georgia.

Segundo as autoridades, um adolescente que trabalhava como conselheiro do acampamento voltou para casa no dia 23 de junho após apresentar sintomas do novo coronavírus.

No dia que o funcionário recebeu o diagnóstico, a direção do acampamento começou a enviar outros jovens para casa. Mas era tarde demais. Nas semanas seguintes, 76% dos frequentadores e trabalhadores também foram diagnosticados com a doença.

Para o CDC, esse é um exemplo da rapidez com que jovens podem espalhar o vírus. Apesar de crianças e adolescentes não estarem no grupo de risco, eles podem desempenhar um papel importante na transmissão da Covid-19, ao contrário do que se acreditava no início da pandemia.

O acampamento não seguiu todas as recomendações de prevenção: o uso de máscaras era obrigatório para funcionários, mas não para os visitantes.

“Adicionalmente, os hóspedes do acampamento participaram de uma série de atividades internas e externas que incluíam cantorias e torcida, o que pode ter contribuído para a transmissão”, diz o CDC.

* Com Agências

Na MANCHETE USA, dezenas de jornalistas trabalham para levar a você as informações apuradas com mais cuidado e para cumprir sua missão de serviço público. Se quiser apoiar nosso jornalismo e ter acesso ilimitado, pode fazê-lo aqui por US$12.99 por um semestre de nossos boletins exclusivos.